“Operação Overlord” – Crítica por DarkLady

“Operação Overlord” – Crítica por DarkLady

8 Novembro, 2018 0 Por maisterror

 

Sinopse: A algumas horas do Dia D, uma equipa de paraquedistas americanos cai em território francês ocupado por nazis, para realizar uma missão crucial ao sucesso da invasão. Incumbidos de destruir um transmissor de rádio no topo de uma igreja fortificada, os soldados desesperados unem forças com uma jovem aldeã francesa para destruírem a torre. Mas, num misterioso laboratório nazi por baixo da igreja, os militares, em desvantagem numérica, ficam cara-a-cara com inimigos nunca antes vistos. A produção está a cargo de J.J. Abrams.

Opinião: Mais um filme que prometia ser uma lufada de ar fresco no meio de todas estas sequelas e remakes com que temos vindo a ser bombardeados. Cumpriu largamente ao que se propôs. A acção passa-se a algumas horas do Dia D e começa com uma equipa de paraquedistas a preparem-se para invadir território francês para uma missão. Logo aqui somos absorvidos pela componente histórica e dramática deste filme: ao mesmo tempo que somos situados num momento real da história mundial, começamos a ser confrontados com o drama de alguns destes homens que não pediram para lutar numa guerra. À medida que a acção avança vão sendo depositadas pequenas centelhas de mistério em redor de um médico e laboratório nazis e é a partir daqui que é construída toda a tensão de forma quase perfeita. Não é possível falar mais sobre este filme sem tirar o efeito surpresa, que o próprio trailer já estraga um pouco. Actores irrepreensíveis, uma cinematografia espectacular e gore, bastante gore. A mescla perfeita de um drama, acção e horror com bases históricas reais. A não perder.

Podes consultar todas as críticas da DarkLady no seu blog: darkladyshorrormovies.blogspot.com